NOTÍCIAS DE DEZEMBRO 2018




Chegamos ao derradeiro mês do ano com muitas realizações e conquistas.
Sempre com positividade e desejando paz e a mor a todos.
Focamos nas melhorias da Casa Ambiental e Museu Semente das Artes na comunidade de Carqueja dos Alves no município de Capistrano no Maciço de Baturité. Uma casa de educação, sustentabilidade e cultura.





01 a 11 e 16 a 27  Arrumando a Casa Ambiental e Museu Semente das Artes: Construção da horta em ferradura, criação do banco de germoplasmas (sementes), colhendo frutas, legumes e verduras para os visitantes e consumo diário, preparando a terra para nova semeadura, os espaços de convivência, catando folhas, podas e galhos que vizinho cortam, desmatam e iriam queimar chamando de "lixo"(rico alimento da terra). 
Adubar a terra com o que é descartado da comunidade, vivenciar a vida de comunidade, ouvir o aboio de seu Zé Daniel e o gado levado no amanhecer e no entardecer e lembrar de Gonzagão e curtir o por do sol do sertão deitado numa rede embaixo de um pé de seriguela.



07 e 08 visitas: do fotografo e consultor político Jânio Ferreira, durante muitos anos trabalho em jornais de Fortaleza, em especial O Povo e também na e
imprensa do Ceará. 
Junto estava o artista plástico e designer gráfico Nelson Zakira após ter terminado seu belíssimo trabalho "Ser Nordestino" na Cow Parade (pinturas de vacas com temas variados para exposição e leilão beneficente em Fortaleza), inclusive a dele foi feita a pintura com tema sertanejo e poesia de Bráulio Bessa.









10  taipa da cozinha: Transformar o que era feio em rústico. Reboco de parede com taipa. Utilizando o barro do canteiro de uma próxima varanda. Diferente do que é apregoado pelo governo para a destruição das casas de taipa para construção de novas casas de tijolos furados e pré-moldados, para beneficiar empreiteiras e empresários, com a desculpa do barbeira causando doenças. O Barbeiro é um inseto do mato que se adapta bem a cidade e TODOS os tipos de construções. Com isso, tijolos furados e pré-moldados são grande poluidores na sua fabricação e construção e, além de barbeiros, podem esconder: ratos, cobras, escorpiões, lacraias e diversos outros danosos a saúde. 

A taipa de mão, segundo estudos, também conhecida como pau-a-pique, barro armado, taipa de sopapo ou taipa de sebe. A técnica consiste em construir uma trama de madeira (usa-se muito o bambu), e o barro é lançado e batido com as mãos. Nessa técnica, a terra tem função de preencher os vazios deixados pelo entrelaçamento de madeiras, ou seja, seu papel é quase de coadjuvante O pau-a-pique serve como elemento de vedação, geralmente usado como paredes internas das edificações, mas também pode ser parede externa.
E por que a pobre taipa foi convidada para o baile da engenharia e arquitetura? Por obra dos novos tempos.
A construção em terra, pedra e madeira permite cumprir um dos principais papéis que se impõem às construções atuais: a sustentabilidade dos materiais utilizados. Qualquer um destes materiais é reutilizável, não constituindo qualquer perigo, nem sobrecarga ambiental, mesmo após a sua vida útil. Além disso, apresenta baixo custo de montagem e manutenção.
As principais vantagens das construções com terra
 são:
1 – Construções extremamente saudáveis, seguras, duráveis;
2 – Confortos acústicos e térmicos de até 30% em relação às coberturas convencionais;
3 – A terra crua permite uma permeabilidade seletiva, otimizando as trocas gasosas e a dispersão da umidade. As paredes “respiram”;
4 – Diminuição da variação de temperatura no interior das edificações ou baixa amplitude térmica;
5 – Não derrubam árvores para queima e não lançam CO2 na atmosfera, minimizando o efeito estufa;
6 – Tem acabamento natural de alto padrão estético e de grande durabilidade;
7 – A terra é um material econômico e pode ser obtida no local da obra, não sendo necessário transporte;
8 – A maioria das técnicas é de fácil trato, não sendo preciso grande conhecimento para executá-las;
(Fonte: CONSTRUÇÕES COM TERRA: ALTERNATIVA VOLTADA À SUSTENTABILIDADE: Luiara Vidal dos Santos Borges e Liliana Regina Colombo).


11  Projovem Campo (Saberes da Terra): presente na Casa Ambiental por meio dos representantes Rai Bandeira e Gustavo Rocha para conhecer nossas ações e projetos e articular possíveis parceiras nesse projeto.

O Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Campo – Saberes da Terra) é um programa educacional destinado a jovens agricultores familiares com 18 a 29 anos que, por diversos motivos, foram excluídos da escolarização, a fim de reintegrá-los ao processo educacional, elevar sua escolaridade e promover sua formação social e qualificação profissional.
Atividades desenvolvidas: 
• Elaboração e montagem de projeto produtivo, 
• Elaboração e implantação de PRONAF A, 
• Elaboração e implantação de quintais produtivos
• Elaboração e implantação de mandala
• Elaboração de projetos sociais na área ambiental e cultural
• Elaboração e implantação de projeto de apicultura
• Elaboração e implantação de minhocário
• Elaboração de Projeto São Jose
• Elaboração de Projeto de olericultura e hidroponia


12 Livros: começamos a produção e avaliação de trabalhos que escrevemos cientificamente e outros que estamos começando. Temas variados, como: Sustentabilidade, música, turismo religioso e desenvolvimento humano por meio de ações culturais, ambientais e criativas em comunidades do Ceará e de outras partes do mundo.


15 Instituto Monte Cristo Baturité: Os representantes Eugênio e Lúcia Borges do distrito de Jesuítas em Baturité estiveram conhecendo nosso espaço e conhecendo nossos projetos e ações, onde ficaram muito interessados no NAE - Núcleo de Artes, Educação e Eventos e da Percussão Ambiental. Logo estaremos indo conhecer o trabalho do instituto em Baturité.


20 Produzindo café: Produzir o próprio pó de café. Qualidade, procedência, saudável, custo mais baixo. Só é trabalhoso. Mas vale.
 Meio quilo de Grãos de café de Baturité, 1 quilo de açúcar de rapadura. Produz um pouco mais de 1kg.
 Custo direto de 15 reais. 250 gramas de um café no comércio está em media R$ 5.40. Sem misturas. Coisa mais comuns encontradas nos cafés de comércio, como; insetos, milhos, cascas de arroz, sorgo, sangue de boi, entre outros. E também não tem impactos como os cafés gourmet de máquinas que são um dos grandes poluidores com os saches.


23 Visita de famílias: de Renato Araújo e dia 25 e 26 a família de Guto Figueiredo. Conhecendo a Casa Ambiental & Museu Semente das Artes, nossas atividades, espaços, tecnologias sociais e ambientais, além de projetos de cultura e desenvolvimento comunitário.
Nesse mês também tivemos visitas de grupos religiosos, escolares e da comunidade, além de visitantes de outras cidades e países.
Estamos abertos a visitas marcadas com antecedência e temos o Day User (passar o dia com direito a alimentação e as atividades e espaços do lugar) e hospedagem para turismo rural. (saber detalhes em nossos contatos abaixo), além de grupos para treinamentos e reuniões.

29 e 30 Fechando o ano: visita de Jânio Ferreira e do professor de Literatura e Espanhol, também multimídia Claucio Lima que vieram respirar o ar puro do campo e confraternizar conosco, fazendo uma retrospectiva do ano e do que virá. Além do vasto conhecimento de música e conjuntura mundial. Boas visitas para intercambio cultural. 
Com o belíssimo pôr do sol do Maciço de Baturité de fundo para inspirar e trazer boas energias nesse ano que vindoura. Um 2019 cheio de paz, saúde, amor e realizações. Votos de todos que fazem e colaboram com o Instituto Semente das Artes   


                                                   INSTITUTO SEMENTE DAS ARTES
                                                  SONHANDO JUNTOS UM IDEAL DE MUNDO
Presidente Jofran Fonteles Borges - CNPJ 10.536.515/0001-64
 (85) - 999543352 Tim -  987194478 Oi - 981325072 Vivo  (Whatsapp)
Site: http://www.sementedasartes.com.br/
 Fanpage: https://www.facebook.com/SementedasArtes/
Canal no YouTube: https://www.youtube.com/user/sementedasartes/videos 

Comentários

Mais vistas

VIDA SIMPLES: FOGÃO A LENHA

FAVELA DO PAU FINIM - VISITA DE RECONHECIMENTO

VIDA SIMPLES: BANHEIRO SECO

BANDAS DO SÁBADO

NOTÍCIAS DE OUTUBRO 2020

ROCK PÉ DE SERRA - FESTIVAL MULTICULTURAL NO CARNAVAL